Higiene e segurança no trabalho na restauração – UFCD 8211 | Centro (Desempregados)

A ANJE propõe esta ação de formação com o objetivo de ajudá-lo a:

  • Identificar as normas e procedimentos de segurança na restauração.
  • Aplicar as normas de higiene pessoal, dos espaços, das instalações e dos equipamentos.
  • Reconhecer a importância das normas de saúde no exercício das profissões da restauração.
  • Aplicar procedimentos de prevenção e controlo de acidentes e riscos em contexto profissional.

Gratuito

Registar interesse

Objetivos
Programa
Metodologia de Formação e Avaliação
Formador
Destinatários
Condições de Participação
Contactos

Objetivos

  • Identificar as normas e procedimentos de segurança na restauração.
  • Aplicar as normas de higiene pessoal, dos espaços, das instalações e dos equipamentos.
  • Reconhecer a importância das normas de saúde no exercício das profissões da restauração.
  • Aplicar procedimentos de prevenção e controlo de acidentes e riscos em contexto profissional.

Programa

  • Normas de segurança e higiene na restauração
    • Sinalização de segurança das instalações e equipamentos
    • Manuseamento de equipamentos
    • Normas de higiene pessoal, dos espaços, das instalações e dos equipamentos
    • Proteção coletiva e individual
    • Uniformes
    • Produtos perigosos (rotulagem, armazenagem e manuseamento)
  • Condições de saúde dos profissionais da restauração
  • Tipos de risco e seu controlo
    • Incêndios
    • Riscos elétricos
    • Trabalho com máquinas e equipamentos
    • Movimentação manual e mecânica de cargas
    • Organização e dimensionamento do posto de trabalho
    • Posturas no trabalho
    • Iluminação
    • Atmosferas perigosas
    • Ruído
  • Gestão do risco
    • Consequências dos acidentes de trabalho
    • Avaliação do risco profissional
  • Procedimentos de Emergência e Risco
    • Técnicas de atuação e orientação
    • Caixa de primeiros socorros

Metodologia de Formação e Avaliação

  • Formação Presencial:
    Cada sessão englobará uma componente expositiva, com uma imediata postura demonstrativa em direto, que deverá permitir a prática por parte dos formandos.
    As várias etapas da sessão de formação serão intercaladas com o método interrogativo, visando detetar o nível de aprendizagem e partilhar experiências entre formandos e formador.
    Serão realizados em sala vários trabalhos.
  • Obtenção de um Certificado de Qualificações mediante avaliação positiva e assiduidade mínima exigida (90%).

Formador

Sílvia Silva
– Licenciada pré Bolonha em Arquitectura;
– Pós-Graduação/Curso: TÉCNICO SUPERIOR DE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO NIVEL VI, com CAP do ACT;
– Mestrado de Segurança Contra Incêndios em Edíficios Urbanos;
– D.E.C. (departamento de Engenharia Civil da Universidade de COIMBRA)
– Técnica Superior segurança Contra Incêndios e emergencia, certificada pela ANPC.
– Vários anos de experiencia no âmbito de:Formação/coordenação/direcção de Obra e a nível de segurança Higine ambiente em Obra( AHST).
– Realização de PSS´s( plano de segurança em projecto) e complementação em obra,
– Planos de Emergência de segurança contra incêndios
– Fichas de procedimentos de segurança e Emergência e medidas de autoprotecção,
– Fiscalização e coordenação de segurança Higiene no trabalho
– Formação a trabalhadores contexto de formador externo em varias empresas (diferentes CAE´S e actividades), no âmbito de Ambiente higiene e segurança e saúde no trabalho.

Destinatários

  • Adultos (> 18 anos) desempregados há menos de 1 ano, com habilitação mínima ao nível do 12º Ano (ensino secundário).
  • Residência na Região do Projeto.

Condições de Participação

  • A ANJE reserva-se o direito de não iniciar as formações nas datas previstas, caso não exista um mínimo de 15 formandos por turma.
  • Atribuição de subsídio de alimentação no valor de 4,77€/dia, apenas nas sessões de formação com a duração de 3 horas, mediante assiduidade.

 

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this